Thiago Silva

Thiago Silva na Seleção Brasileira

País de nascimento: Brasil

Nacionalidade: Brasileiro

Data de nascimento: 22.09.1984 (39 anos)

Pesos de cauda: 181/79

Clube: Chelsea/Seleção Brasileira

Posição: Defensor

 

 

Bem-vindo ao nosso site com a biografia do jogador e lenda do futebol –Thiago Silva! Aqui você encontrará todas as últimas informações, notícias interessantes e momentos emocionantes da carreira deste talentoso jogador.

Thiago Silva alcançou níveis vertiginosos no futebol, transformando-se num dos defesas mais bem pagos da Europa. Seu talento e ética de trabalho permitiram que este ambicioso brasileiro se tornasse jogador de clubes de prestígio do continente. No entanto, escalar o Olimpo desportivo não foi fácil para ele: o jogador de futebol suportou contratempos, mas seguiu em frente sem medo. Ele atuou como capitão do clube francês Paris Saint-Germain e da seleção brasileira de 2010 a 2014, mostrando sua dedicação e liderança inabaláveis.

Thiago Silva com o troféu da Liga dos Campeões

Empreendimentos profissionais infantis

A biografia inicial de Thiago estava longe de ser clara. O jogador de futebol nasceu na pobreza, nas favelas do Rio de Janeiro, em uma família extremamente disfuncional. Seus pais se divorciaram quando ele ainda era menino. Sua mãe criou mais dois filhos, um filho e uma filha. Em entrevista à imprensa, ela admitiu que o destino milagrosamente deu a Thiago uma chance de viver: ela pensou em fazer um aborto, sabendo que com o nascimento do terceiro filho sua existência já miserável se tornaria insuportável.

Sentado em um carro com um amigo e a bandeira do Brasil

Contudo, não é tão fácil interromper legalmente uma gravidez no Brasil; Precisamos de bons motivos. O atleta deve sua existência ao avô, para quem a religião foi de suma importância na vida. Ele convenceu sua filha a não carregar o fardo do pecado. Sua mãe se casou novamente mais tarde. Seu padrasto era um homem dedicado e incutiu com sucesso uma visão de mundo semelhante no futuro jogador de futebol.

A família morava em uma casa em ruínas, onde três filhos moravam no mesmo quarto. Thiago, que cresceu em uma área dominada pelo crime, foi amigo das pessoas erradas quando criança e jovem. Ele diz que só a fé em Deus o salvou dos últimos passos em direção ao abismo. E o futebol também: de manhã à noite o menino chutava bola com o vizinho, outra futura celebridade – David Luiz.

Com o tempo, o futebol se tornou uma verdadeira paixão e Silva começou a sonhar com uma carreira esportiva. Aos 14 anos, o adolescente ingressou na academia Campo Grandi, supervisionada pelo clube de futebol Fluminense. No entanto, ele não poderia ficar lá. Mudou-se então para o Barcelona (Rio de Janeiro) e tornou-se um grande torcedor do Barça catalão, acompanhando com entusiasmo os sucessos de Ronaldo e Romário.

No campo de futebol

Você é um carro em um clube e um clube

O encontro de Tiago com o futebol profissional ocorreu em 2004, quando foi apresentado à versão adulta do esporte. Um time comum chamado “Juventude” convidou o talentoso brasileiro, que atuava como zagueiro. Não demorou muito para que os clubes europeus começassem a notar.

Até Bruno Conti, da AS Roma, estava de olho em Tiago, mas Silva recusou a oferta. Frustrado com a falta de oportunidades na primeira divisão do Brasil, o jovem decidiu mudar-se para Portugal, onde ingressou na equipa reserva do FC Porto. A taxa de transferência ascendeu a 2,5 milhões de euros.

Apesar dos esforços, Tiago não conseguiu entrar na equipa principal do Porto, que já contava com defesas como Pepe e Jorge Costa. No entanto, fez amizade com o futuro agente Jorge Mendes, que lhe apresentou uma oportunidade tentadora, mas pouco convencional, de se mudar para a Rússia. E foi assim que Tiago Silva ingressou no Dínamo de Moscovo.

Segurando a camiseta com o número 84

Infelizmente, a sorte não estava do lado do jogador de futebol. No treino de estreia, recebeu elogios do treinador do Dínamo, Oleg Romantsev. Porém, havia um problema: Tiago cansou-se rapidamente. Acontece que ele sofria de uma forma ativa de tuberculose.

No momento do diagnóstico, o jogador de futebol já sofria há 8 a 10 meses. Devido à sua doença, ele passou seis meses em um hospital de Moscou. Durante o tratamento, a equipe médica cogitou a retirada de um de seus pulmões, mas conseguiu evitá-lo por meio da quimioterapia. Segundo o zagueiro, seu caráter resiliente teve um papel significativo. Tiago se refere com orgulho como carioca, termo para alguém do estado do Rio de Janeiro.

O jogador de futebol tem impressões contraditórias sobre a Rússia. Por um lado, está desapontado por nunca ter tido a oportunidade de jogar com jogadores russos, mas por outro lado, está grato pelo carinho e atenção que recebeu. O diretor-geral do Dínamo, Yuri Zavarzin, providenciou a vinda da família de Tiago para a capital russa.

Dois anos depois, um incidente manchou a sua percepção da Rússia. Em 2006, após recuperação, o Dínamo de Moscou liberou o jogador brasileiro, rescindindo seu contrato. No entanto, ao saber que foi adquirido pelo AC Milan por 10 milhões de euros, a organização iniciou uma disputa judicial. Moscovo moveu uma ação contra Silva, acusando-o de rescisão não autorizada do contrato e exigindo a devolução de uma alegada indemnização no valor de 15 milhões de euros. A reclamação foi rejeitada pelo tribunal.

Após uma carreira mal sucedida em solo russo, Tiago regressou à sua terra natal, onde foi recebido de volta pelo Fluminense FC. Foi aqui que o jovem realmente floresceu. Ele rapidamente recuperou a forma, defendendo ferozmente o time, o que lhe valeu o apelido de “Monstro”. Graças ao seu brilhante desempenho, a seleção nacional, até então 15ª colocada, conquistou a Copa do Brasil.

No momento do diagnóstico, o jogador de futebol já sofria há 8 a 10 meses. Devido à sua doença, ele passou seis meses em um hospital de Moscou. Durante o tratamento, a equipe médica cogitou a retirada de um de seus pulmões, mas conseguiu evitá-lo por meio da quimioterapia. Segundo o zagueiro, seu caráter resiliente teve um papel significativo. Tiago se refere com orgulho como carioca, termo para alguém do estado do Rio de Janeiro.

Milão

O jogador de futebol tem impressões contraditórias sobre a Rússia. Por um lado, está desapontado por nunca ter tido a oportunidade de jogar com jogadores russos, mas por outro lado, está grato pelo carinho e atenção que recebeu. O diretor-geral do Dínamo, Yuri Zavarzin, providenciou a vinda da família de Tiago para a capital russa.

Dois anos depois, um incidente manchou a sua percepção da Rússia. Em 2006, após recuperação, o Dínamo de Moscou liberou o jogador brasileiro, rescindindo seu contrato. No entanto, ao saber que foi adquirido pelo AC Milan por 10 milhões de euros, a organização iniciou uma disputa judicial. Moscovo moveu uma ação contra Silva, acusando-o de rescisão não autorizada do contrato e exigindo a devolução de uma alegada indemnização no valor de 15 milhões de euros. A reclamação foi rejeitada pelo tribunal.

Após uma carreira malsucedida em solo russo, Thiago retornou à sua terra natal, onde foi novamente aceito pelo clube de futebol Fluminense. Foi aqui que o jovem realmente floresceu. Ele rapidamente recuperou sua forma. Graças a uma atuação brilhante, a seleção nacional, até então 15ª colocada, conquistou a Copa do Brasil.

Logo, o zagueiro brasileiro foi adquirido por Silvio Berlusconi no AC Milan. Tiago, um atleta alto e ágil (183 cm e 79 kg), mostrou um talento incrível, conquistando os corações de Alessandro Nesta e Paolo Maldini. Paolo, que liderava a equipe, chegou a se referir a Tiago como seu futuro sucessor.

Durante sua passagem pelo Milan, Silva alcançou o auge, disputando 93 partidas e marcando 3 gols. A equipe sagrou-se campeã da Itália e conquistou a Supercopa do país. Tiago pretendia permanecer por muito tempo no clube, mas em 2012 foi comprado pelo Paris Saint-Germain (PSG) por uma excelente quantia de € 42 milhões, oferecida por Berlusconi.

No PSG, Tiago vestiu a camisa 2. Ele rapidamente se adaptou ao time e se tornou peça fundamental na defesa. Ao lado de seus companheiros, conquistou diversos troféus e influenciou significativamente o sucesso do clube. Seu contrato com o PSG foi assinado até 2020. Silva planejava prorrogar o acordo, mas devido à pandemia teve que retornar ao Brasil por um tempo. Segundo o jogador, a direção do clube decidiu encerrar a colaboração.

Tiago foi obrigado a iniciar negociações para a transferência para outra equipa. Ficou sabendo que o zagueiro brasileiro considera Fiorentina e Everton como opções alternativas. No entanto, chegou a um acordo com o clube inglês Chelsea. A transferência ocorreu gratuitamente. Na Premier League, o seu salário ascendia a 10 milhões de euros por ano, valor inferior ao do clube anterior, onde arrecadou 17,4 milhões de euros. Em seu novo time, Silva recebeu a camisa 3.

O contrato com o Chelsea foi prorrogado no verão de 2021. A primeira temporada no novo time acabou sendo um sucesso para o futebolista brasileiro: Tiago sagrou-se campeão da Liga dos Campeões. Ele sonhava em conquistar esse título ainda quando jogava pelo PSG, como mencionou em diversas entrevistas.

Chelsea

Na final do torneio, o clube londrino enfrentou o Manchester City. Porém, no primeiro tempo, o zagueiro teve que deixar o campo devido a uma lesão. Ele foi substituído por Andreas Christensen. No total, Silva disputou 34 partidas neste ano. Conforme observado no site Transfermarkt, o valor do jogador em junho de 2021 era de 3 milhões de euros.

Jogos da Seleção Brasileira

Thiago ingressou na seleção nacional em 2008, o que é um fato interessante sobre sua vida. Junto com os compatriotas, Silva conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos e, quatro anos depois, a seleção levou para casa a prata. O primeiro ouro internacional foi conquistado na Copa das Confederações da FIFA 2013, realizada em sua terra natal.

Em 2017, Tiago Silva equilibrou os compromissos entre o “PSG” e os treinos com a seleção brasileira, que tinha como objetivo a qualificação para o Mundial 2018. Durante partida das eliminatórias contra a Bolívia, o jogador brasileiro sofreu uma lesão grave e solicitou uma substituição aos 29 minutos. Ele teve que deixar o campo em uma maca.

Silva foi incluído na seleção nacional e, em junho de 2018, viajou para a Rússia. A equipe teve um desempenho brilhante na fase de grupos, derrotando Suíça, Costa Rica e Sérvia. Na partida contra a Sérvia, Tiago marcou o segundo gol. Nas oitavas de final, os brasileiros triunfaram sobre o México, avançando às quartas de final, onde enfrentaram a seleção belga.

Houve momentos dramáticos dentro da equipe. Durante a partida contra a Costa Rica, Tiago Silva mostrou jogo limpo ao devolver a bola ao adversário após ela ter saído de campo, permitindo que a equipe médica atendesse o atacante brasileiro lesionado, Neymar, que estava caído em campo. No entanto, o próprio Neymar expressou insatisfação com a demonstração de fair play de Silva e insultou seu companheiro de equipe.

A participação da seleção brasileira na Copa América, disputada na terra natal de Tiago, revelou-se vitoriosa. O campeonato foi selado com a última partida contra o Peru, em que os brasileiros derrotaram o adversário pelo placar de 3 a 1.

Capitão da seleção brasileira

Vida familiar e filhos

O jogador de futebol há muito se dedica à liberdade. O nome da esposa de Thiago é Isabella e ela deu ao marido dois filhos – os filhos Isago e Iago.

Isabella é a rocha e o apoio do atleta, e eles tomam todas as decisões juntos. Mesmo antes do casamento, a menina apoiou o escolhido durante seu tratamento na Rússia. Ela estava em Moscou com Thiago. Em 2009, o zagueiro brasileiro foi parar em Milão justamente a pedido da esposa. O Real Madrid se interessou por ele, mas Isabella rejeitou a perspectiva de se estabelecer na Espanha, preferindo a Itália.

Atualmente, o jogador de futebol mantém uma página no Instagram. Ele generosamente compartilha fotos e vídeos de momentos de sua vida profissional e pessoal.

O casal não tem planos de expandir ainda mais sua família. Surgiu uma disputa entre marido e mulher: Thiago insistiu para que Isabella passasse por um procedimento de esterilização. Por sua vez, a companheira da atleta não teve vontade de realizar o procedimento devido à tendência de ganhar excesso de peso e recomendou que a companheira fizesse vasectomia. O casal anunciou abertamente seus planos para 2020.

Família

Thiago Silva no momento

Dada a idade do jogador, os jornalistas colocam cada vez mais questões sobre a continuação da sua carreira. Thiago Silva respondeu que tudo dependia da potencial prorrogação do contrato com o Chelsea, ao mesmo tempo que referiu que não tinha intenção de abandonar o grande desporto até completar 40 anos.

Silva foi convocado para a Copa do Mundo de 2022, tornando-se um dos jogadores mais velhos do torneio ao lado de Cristiano Ronaldo, Atiba Hutchinson, Pepe, Eiji Kawashima e Dani Alves. Antes do primeiro jogo da fase de grupos frente à selecção sérvia, Tiago, que tinha assumido a capitania da selecção nacional, dirigiu-se aos adeptos, inspirando-lhes esperança de vitória. E suas palavras se mostraram verdadeiras: o Brasil assumiu a liderança com um placar de 2 a 0.

Vídeos de gols em 2023. Melhor seleção

Nas oitavas de final, a equipe de Silva enfrentou a seleção sul-coreana. Nesta partida, o capitão contribuiu com uma assistência para o atacante Richarlison de Andrade, estabelecendo o recorde do campeonato como o jogador mais velho (38 anos e 74 dias) a fazer uma assistência com sucesso.

Em quais clubes Thiago Silva jogou até 2023?
Quais títulos Thiago Silva conquistou?
Quanto é o salário de Thiago Silva?
Que qualidades pessoais distinguem Thiago Silva como jogador?
O que Thiago Silva pretende fazer após se aposentar?
Thiago Silva